Índia rejeita concessão agrícola para chegar a acordo da Doha

Agronegócio

Índia rejeita concessão agrícola para chegar a acordo da Doha

O País não quer comprometer o acesso a mercados para produtos agrícolas
Por:
1 acessos

A Índia não pretende comprometer a questão do acesso a mercados para produtos agrícolas a fim de fechar um acordo comercial, disse nesta sexta-feira 922-06) o ministro do Comércio do país, Kamal Nath.

"Não vamos comprometer a sobrevivência dos agricultores", disse Nath. "Não pode haver uma troca entre sobrevivência e prosperidade."

Ele também alertou a União Européia e os Estados Unidos para não dividir os países em desenvolvimento na tentativa de pressionar as conversas a seguirem adiante.

A esperança de um acordo comercial global para este ano diminuiu após as mais recentes negociações terem fracassado na quinta-feira.

Brasil e Índia, principais negociadores para os países em desenvolvimento, disseram que EUA e UE exigiam um preço alto demais para cortar suas políticas agrícolas que distorcem o comércio. Por seu lado, EUA e UE argumentaram que os dois países recusaram-se a oferecer abertura significativa em seus mercados a produtos manufaturados.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink