Indicador do algodão recua e volta ao patamar de maio

Agronegócio

Indicador do algodão recua e volta ao patamar de maio

Enquanto a maioria das indústrias busca contratos para atender a demanda de curto prazo, produtores se mantêm resistentes, negociando apenas o necessário para cobrir despesas imediatas
Por:
229 acessos

Nos últimos dias, os preços do algodão em pluma recuaram pela quinta semana seguida. Enquanto a maioria das indústrias busca contratos para atender a demanda de curto prazo, produtores se mantêm resistentes, negociando apenas o necessário para cobrir despesas imediatas. Segundo pesquisas do Cepea, as negociações de algodão estão marcadas pela “queda-de-braço” entre compradores e vendedores. Em sete dias, o Indicador CEPEA/ESALQ do algodão em pluma – 8 dias para pagamento – acumulou ligeira queda de 0,14%, passando para R$ 1,19/lp nessa terça-feira, 30. Na parcial do mês, o Indicador acumula baixa de 5,52%, voltando aos patamares observados no início de maio. (Fonte: Cepea – www.cepea.esalq.usp.br )


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se n��o tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink