Indicador do milho acumula alta de 17% em agosto
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)

Imagem: Eliza Maliszewski

MERCADO INTERNO

Indicador do milho acumula alta de 17% em agosto

O cenário é verificado mesmo com a colheita avançada da segunda safra
Por: -Aline Merladete
1165 acessos

Os preços do milho seguem em acentuado movimento de alta no mercado interno. De acordo com os dados divulgados pelo boletim do Cepea, o cenário é verificado mesmo com a colheita avançada da segunda safra e com estimativas apontando produção recorde. O impulso vem da retração de vendedores, que limitam a disponibilidade do cereal no spot brasileiro, da demanda interna firme e das exportações em ritmo aquecido. 

No acumulado da parcial de agosto, o Indicador ESALQ/BM&FBovespa (base Campinas-SP) subiu 17,35%, fechando a R$ 59,60/sc de 60 kg no dia 21, se aproximando do patamar real verificado em março de 2020, quando a média mensal esteve em R$ 60,36/sc – ressalta-se que o recorde real do Cepea, de R$ 73,2/sc, foi verificado em dezembro de 2007.

 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink