Índice Ceagesp recua 3,55% em maio

Agronegócio

Índice Ceagesp recua 3,55% em maio

Principais quedas: laranja lima, limão, laranja pêra, maracujá azedo, morango e carambola
Por: -Janice
1253 acessos
O Índice Ceagesp registrou retração de 3,55% em maio, queda pelo segundo mês consecutivo. Porém, no ano, ainda acumula alta de 6,64% e, nos últimos 12 meses, elevação de 5,06%. Exceção feita ao setor de legumes, todos os preços caíram nos demais setores da Ceagesp em razão do bom volume ofertado e retração do consumo. Segundo o economista da Ceagesp, Flávio Godas, no setor de legumes, o frio excessivo prejudicou o desenvolvimento e maturação de alguns produtos importantes, fazendo com que houvesse redução da quantidade ofertada e elevação dos preços praticados no setor.

”A tendência do Índice Ceagesp, preservadas as condições climáticas em níveis satisfatórios, ainda é de redução dos preços, principalmente nos setores de legumes e verduras”, avalia Godas. Mas ele alerta que, “obviamente, se houver geadas nas regiões produtoras do sudeste, este quadro se inverte”. O economista diz que, nesta época do ano, existe uma retração natural no consumo de frutas, legumes e verduras. “Portanto, caso o volume ofertado não apresente declínio acentuado, a expectativa é de mais redução dos preços.”

Os preços no setor de frutas recuaram 4,37%. Este é o principal setor do Entreposto da Ceagesp em São Paulo, e continua bem abastecido, com ótimas opções de compra. Principais quedas: laranja lima (-27,9%), limão (-22,9%), laranja pêra (-20,7%), maracujá azedo (-22,2%), morango (-9,5%) e carambola (-17,7%). Principais altas: goiaba (19,7%), uva estrangeira thompson (10,59%) e melancia (3,9%).

O setor de legumes apresentou elevação de 9,59%. Principais altas: tomate (25,7%), vagem (33,9%), pepino japonês (23,9%) e beterraba (10,63%). Principais quedas: cenoura (-14,5%), batata doce (-9,2%), mandioca (-4,6%) e quiabo (-4,1%).

Os preços do setor de verduras registraram retração de 12,39%. Principais quedas: escarola (-31,6%), alface crespa (-30,9%), alface lisa (-27,9%), espinafre (-21,2%), agrião (-21,1%) e rabanete (-22,7%). Principais altas: couve-flor (25,9%), acelga (12,3%) e brócolis (4,99%).

O setor de diversos recuou 5,69%. Principais quedas: batata lisa (-6,9%) e ovos (-11,3%). No setor, somente o coco seco teve alta (5,34%).

Os pescados recuaram 6,61%. Principais baixas: atum (-19,7%), tainha (-21,8%), camarão ferro (-20,2%), cavalinha (-16,5%) e cação (-9,8%). Principais altas: anchovas (5,6%) e salmão (4,1%).
 

As informações são da assessoria de imprensa da Companhia de Entrepostos e Armazéns Gerais de São Paulo – CEAGESP.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink