Índice Ceagesp registra leve alta de 0,73% em março

Agronegócio

Índice Ceagesp registra leve alta de 0,73% em março

As altas ficaram por conta do milho verde (45%), da couve-flor (23%) e da couve (12%)
Por: -Janice
1403 acessos
No mês de março, o Índice Ceagesp apresentou ligeira elevação de 0,73% nos preços no atacado dos principais produtos comercializados na Ceagesp. “Após altas expressivas durante os meses de janeiro e fevereiro devido ao excesso de chuvas nas regiões produtoras, os preços no atacado já iniciam processo de retorno aos patamares habituais”, comenta o economista da Companhia, Flávio Godas. No trimestre, o Índice acumula alta de 9,49%, e retração de 3,30%, nos últimos 12 meses.

Depois de altas significativas nos últimos meses, o setor de Verduras apresentou recuo de 4,96% nos preços praticados. As principais quedas foram do coentro (-33,5%) e do brócolis (-20,4%). Já as altas ficaram por conta do milho verde (45%), da couve-flor (23%) e da couve (12%).Outro setor a registrar retração foi o de frutas, com 1,48%. As baixas mais acentuadas foram do maracujá azedo (-38%), do abacate (-14,6%) e da laranja lima (-14,4%). As principais altas foram do abacaxi (9,8%), do morango (26%) e do caju (5,36%).

Influenciado pelas altas da batata (21,6%) e cebola (46%) e ovos (6,7%), o setor de diversos registrou elevação de 15,7%. “A batata e a cebola estavam com preços próximos ao custo, com esse aumento os produtos recuperaram seus preços normais. A alta nos ovos deve-se a menor oferta do produto nesse período”, explica Godas.

Os setores de Legumes (7,34%) e o Pescados (2,71%) também registraram aumentos nos preços. Nos Legumes as principais altas foram do quiabo (56,2%), pimentão verde (37%) e da vagem (22,3%).E as principais baixas foram do pepino comum (-37%), da ervilha (23,4%) e da abobrinha italiana (-16,8%). Já no setor de Pescados os aumentos foram pescada (30,5%), da anchovas (23%) e da corvina (10,4%). As quedas foram do atum (-27,9%), do cação (-4,06%) e do salmão (-7,6%).

“Com a tendência de condições climáticas satisfatórias no mês de abril, os preços devem recuar acentuadamente em todos os setores, principalmente Legumes e Verduras. Somente o setor de Pescados, em razão da maior demanda na Semana Santa, não deve apresentar recuo dos preços”, prevê Godas.

Primeiro balizador de preços de alimentos frescos no mercado, o Índice Ceagesp é um indicador de variação de preços no atacado de Frutas, Legumes, Verduras, Pescado e Diversos. Divulgado mensalmente, os itens da cesta foram escolhidos pela importância dentro de cada setor e ponderados de acordo com a sua representatividade. O Índice foi lançado em 2009 pela Ceagesp, que é referência nacional em abastecimento.


As informações são da assessoria de imprensa da CEAGESP.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink