CONTENCIOSO

Indonésia aceita decisão da OMC sobre frango brasileiro

Decisão reduz o prazo do processo de viabilização dos embarques
Por:
74 acessos

A Indonésia decidiu acatar a decisão da Organização Mundial do Comércio (OMC) que deu razão ao Brasil contra a imposição de bloqueios comerciais às exportações da carne de frango no país asiático. A informação é da Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA), que anunciou um “acordo de não apelação ao relatório” firmado nesta semana.

De acordo com entidade, essa decisão reduz o prazo do processo de viabilização dos embarques de carne de frango em, pelo menos, seis meses da previsão inicial. No último dia 17 de outubro a OMC publicou relatório recomendando a alteração da legislação e das práticas protecionistas do governo indonésio que inviabilizavam as vendas brasileiras para o mercado asiático.

“Após quase 10 anos de tratativas, temos um horizonte positivo para a concretização de exportações para este mercado. Esta é uma vitória que atende, também, às expectativas da população indonésia.  Chegamos a receber em nossa sede uma missão de associações de consumidores, que manifestaram apoio e desejo pela viabilização das exportações. Quando finalmente concluída as negociações, esperamos auxiliar na segurança alimentar dos indonésios com uma estratégia construtiva, complementando espaços não ocupados pelos produtores locais”, analisa Francisco Turra, presidente-executivo da ABPA.

O potencial do mercado indonésio é considerado importantíssimo pelo setor, considerando que há uma população de 260 milhões de habitantes, de maioria absoluta muçulmana – chegando a 90% do total. De acordo com a entidade, o consumo per capita anual de carne de frango do país asiático é de 6,3 quilos, sendo abastecido em sua totalidade pela produção local (1,64 milhão de toneladas).

Por outro lado, o Brasil é atualmente o maior produtor e exportador de frango halal do mundo, e um terço de tudo o que o país exporta é direcionado ao mercado islâmico.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink