Indústria de laticínios segue com repasse de preços
CI
Imagem: Pixabay
ALTA NOS CUSTOS

Indústria de laticínios segue com repasse de preços

A indústria tem forçado os repasses de preços, buscando aliviar a pressão de custo que vem afetando o setor
Por: -Aline Merladete

Os preços dos derivados lácteos no mercado atacadista continuaram em elevação no mês de abril. Todos os produtos tiveram elevação importante, refletindo a baixa disponibilidade interna de leite. Vale destacar que os meses de abril a junho são os de menor oferta de leite da entressafra. A indústria tem forçado os repasses de preços, buscando aliviar a pressão de custo que vem afetando o setor.

Conforme dados do Centro de Inteligência do Leite, nos últimos 12 meses até março de 2022 o custo de produção subiu 23% enquanto o preço ao consumidor aumentou 14%, apertando as margens ao longo da cadeia produtiva. No mercado Spot, o mês de abril foi de valorização do leite cru em relação a março, mas a alta perdeu força e o produto se estabilizou próximo dos R$3,00/litro.

Em abril/22, o preço do leite ao produtor registrou elevação na comparação com o mês anterior. Para o pagamento de maio, todos os Conseleites indicaram movimentos de alta, em linha com o observado no mercado atacadista e Spot. As elevações variaram de 6,1% no Paraná até 10,8% no Rio Grande do Sul.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.