Agronegócio

Indústria de máquina agrícola ataca carga tributária

As indústrias de máquinas engrossaram o coro de empresas que reclamam mudanças na cobrança de ICMS e PIS/Cofins para exportação
Por: -Cibelle Bouças
3 acessos
As indústrias de máquinas agrícolas engrossaram o coro de empresas que reclamam mudanças na cobrança de ICMS e PIS/Cofins, a fim de facilitar as exportações. "O segmento não está conseguindo reaver totalmente os créditos de ICMS e de PIS/Cofins e isso ajuda a piorar o desempenho das exportações brasileiras de tratores", afirma Persio Luiz Pastre, vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores (Anfavea).


Douglas Rogério Campanini, consultor tributário da ASPR Auditoria e Consultoria, observa que as empresas de máquinas - a maioria instalada no Sul - compram componentes de outras regiões e pagam alíquota de 12% de ICMS. Sobre o produto final, a alíquota é de 7% se o maquinário ficar no Sul ou Sudeste do país; para o Norte, a alíquota é de 4%, sendo que não há incidência do imposto sobre as exportações.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink