Indústria e pecuária querem trocar nome MS por Pantanal

Agronegócio

Indústria e pecuária querem trocar nome MS por Pantanal

Por:
219 acessos

A presidência da Assembléia Legislativa recebeu, nesta terça-feira, um documento em prol da mudança do nome de Mato Grosso do Sul para Estado do Pantanal assinado por presidentes de 24 entidades, incluindo Fiems, Famasul e Fecomércio.

Além das federações da Indústria, da Agricultura e Pecuária, e do Comércio; o documento conta com as assinaturas da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas, Federação das Associações Comerciais de Mato Grosso do Sul, Sebrae/MS, Sindicato do Comércio Varejista e CDL (Câmara dos Dirigentes Lojistas de Campo Grande).

Outros nomes de destaque no documento são dos presidentes do Sindicato do Comércio Varejista, Abrasel/MS (Associação Brasileira de Bares e Restaurantes), Acrissul (Associação dos Criadores de MS) e ACICG (Associação Comercial e Industrial de Campo Grande).

No entendimento dessas entidades, a mudança será importante para o desenvolvimento econômico do Estado, possui uma justificativa geográfica e acaba com a confusão semântica com o vizinho MT.

Alguns deputados estaduais encabeçam um movimento pela mudança do nome de Mato Grosso do Sul, mas a proposta não tem unanimidade na Casa de Leis. Eles estudam a possibilidade de fazer um plebiscito em favor da troca de nome.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink