Inflação deve ser de 3,7% em 2020, segundo Ipea

ECONOMIA

Inflação deve ser de 3,7% em 2020, segundo Ipea

Os preços dos alimentos registraram alta de 2,8% no acumulado em 12 meses até outubro
Por: -Leonardo Gottems
280 acessos

O Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) informou que a inflação no ano de 2020 deve ser de 3,7% abaixo da meta inflacionária de 4% para o próximo ano. Para o encerramento de 2019, é provável que o valor fique em torno dos 3,4%, segundo estimativa divulgada no dia de ontem, quarta-feira. 

“Nos últimos 12 meses encerrados em outubro, o IPCA ( Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo) acumulado é de apenas 2,5%, por conta da melhora no comportamento dos preços dos alimentos, da energia elétrica e dos combustíveis”, informou o Ipea por meio de uma nota divulgada pela sua assessoria de imprensa. 

Nesse cenário, os preços dos alimentos registraram alta de 2,8% no acumulado em 12 meses até outubro, sendo que em setembro o valor era de 3,8%. O resultado se deu por conta da desaceleração de alguns itens, como tubérculos, cereais, aves, ovos e panificados. “Por conta da expectativa de aumento no consumo das famílias, a inflação dos alimentos no domicílio deve encerrar 2019 em 2,9% e chegar a 4,1% em 2020”, completou. 

“A previsão é de que a inflação dos bens livres (exceto alimentos) seja de 1,8% neste ano e 2,1% em 2020. Para os serviços educacionais, a projeção é de alta de 4,9% até o final deste ano e de 5,1% no ano que vem. Os demais serviços livres devem subir 2,8% em 2019 e 3,1% no próximo ano. Já os preços administrados devem encerrar 2019 com variação de 5,4%. Para 2020, a expectativa é de 5,5%”, concluiu em nota o Ipea, lembrando que o Indicador Ipea de Inflação por Faixa de Renda é calculado com base nas variações de preços de bens e serviços disponibilizados pelo Sistema Nacional de Índice de Preços ao Consumidor (SNIPC), do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink