Influenza Aviária no Hemisfério Norte acende alerta no Brasil
CI
Imagem: Pixabay
AVICULTURA

Influenza Aviária no Hemisfério Norte acende alerta no Brasil

Setor intensifica cuidados preventivos para manter o país livre da doença
Por:

 Único entre os grandes produtores mundiais a nunca registrar Influenza Aviária em seu território, o Brasil acendeu o alerta com os recentes registros da enfermidade em diversos países do Hemisfério Norte, como Estados Unidos e países da União Europeia.  Por este motivo, a ABPA iniciou recentemente uma mobilização setorial, em uma campanha com o objetivo de reforçar os cuidados sanitários nas propriedades avícolas de todo o país.

Uma das ações acontece juntamente com o “Família Integrada” - iniciativa conjunta da ABPA e seus associados para a realização de cursos para famílias de produtores de todo o Brasil.  Na próxima terça-feira (29), às 18h00, acontecerá uma aula on line focada em dicas práticas para preservar a biosseguridade das propriedades rurais, tanto para aves quanto para suínos. A aula será ministrada pela consultora Nelva Grando e pela coordenadora técnica da ABPA, Tabatha Lacerda. 

A apresentação é gratuita e será aberta a todo o setor por meio da plataforma ZOOM. As inscrições podem ser realizadas neste link.

Além da ação com o “Família Integrada'', a ABPA, juntamente com seus associados, reforçou campanhas internas de conscientização em relação à proibição de visitas de pessoas externas à propriedade, entre outros pontos.  A campanha está em curso nas redes sociais da ABPA e na comunicação interna das agroindústrias associadas.

Em outra linha de ação, protocolos de biosseguridade foram atualizados e redistribuídos para as equipes técnicas das agroindústrias do setor.  Os protocolos são públicos e estão disponíveis no site da ABPA.

“Nosso status sanitário é um diferencial competitivo fundamental.  Neste momento em que os vários grandes produtores enfrentam dificuldades com Influenza Aviária, o Brasil, que é livre, permanece como fornecedor seguro de proteína animal para o mundo.  Não podemos baixar a guarda, especialmente neste momento tão sensível, com diversos desafios em curso para o fornecimento global de proteína animal”, ressalta o presidente da ABPA, Ricardo Santin. 

 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.