Infocafé de 03/09/20
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)

Imagem: Pixabay

INFOCAFÉ

Infocafé de 03/09/20

A bolsa de N.Y. finalizou a quinta-feira com leve baixa
Por:
105 acessos

A bolsa de N.Y. finalizou a quinta-feira com leve baixa, a posição dezembro oscilou entre a máxima de +0,95 pontos e mínima de -2,15 fechando com -0,10 pts.

A moeda norte-americana recuou 1,24%, cotada a R$ 5,2915. Na agenda doméstica, as atenções seguiram voltadas também para as discussões em torno do Orçamento de 2021 e da reforma administrativa. O governo oficializou nesta quinta-feira o envio da reforma administrativa para o Congresso.

O texto propõe uma série de mudanças nas regras do funcionalismo público. Entre elas, está o fim da aposentadoria compulsória como modalidade de punição e proibição de promoção por tempo de serviço. A agenda doméstica também mostrou que a produção industrial brasileira registrou alta de 8,0% em julho na comparação com o mês anterior, mas ainda sem eliminar as perdas com a pandemia.

A maior região produtora de café do Brasil, Minas Gerais, já começou a registrar as primeiras floradas da safra 21. A expectativa agora do produtor está voltada para as condições do clima daqui para frente, saber se a estação chuvosa retorna para garantir o bom pegamento da florada. As condições das lavoura tanto no sul de Minas Gerais, como no Cerrado Mineiro levanta um alerta para os produtores, tendo em vista que o tempo está muito seco, com temperaturas elevadas e as previsões mais recentes ainda não indicam o início da estação chuvosa.

Segundo dados do Sismet, sistema de controle de chuvas da Cooxupé, no Cerrado Mineiro já acumula 101 dias consecutivos sem ocorrência de chuva com mais de 2 milímetros de precipitação. Geovane Ferreira da Cunha, produtor em Santo Antônio do Quebranzol, há 53 km de Patrocinio-MG, já registrou as primeiras floradas e conta que a última chuva foi registrada em meados de junho. "Até que no momento as plantas estão com vigor, mas o mais preocupante são as altas temperaturas. Se não chover nos próximos 20 dias, vamos ter perdas muito grandes", comenta.  Mesmo sem chuvas expressivas, a passagem de uma frente fria por Minas Gerais, foi o que ajudou o florescimento das plantas neste período. Segundo relato de produtores, a florada foi registrada principalmente em áreas sem irregação.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink