Infocafé de 17/09/20
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,164 (0,97%)
| Dólar (compra) R$ 5,58 (-0,59%)

Imagem: Pixabay

INFOCAFÉ

Infocafé de 17/09/20

N.Y. finalizou a quinta-feira em baixa
Por:
74 acessos

N.Y. finalizou a quinta-feira em baixa, a posição dezembro atingiu a mínima de -3,70 pontos fechando com -1,85 pts.

A moeda norte-americana recuou 0,14%, cotada a R$ 5,2303. O Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) manteve na véspera a taxa básica de juros em 2% ao ano, conforme o esperado. No comunicado da reunião desta quarta-feira, os integrantes do Copom apontaram que a inflação deve aumentar no curto prazo, mas ponderaram que a alta do preço dos alimentos é temporária.

O mercado financeiro manteve as estimativas para o dólar ao fim de 2020 (R$ 5,25) e 2021 (R$ 5,00), mas reduziu a projeção para a Selic no término de 2021 de 2,88% para 2,50%, conforme a mais recente pesquisa Focus do Banco Central. A Selic baixa tem sido citada como uma das causas para a instabilidade no câmbio e também para maior dificuldades do Tesouro Nacional de rolar a dívida pública em meio a um já fragilizado quadro fiscal.

Para o Sudeste, o modelo Cosmo do Inmet sinaliza para volta das chuvas de forma mais expressiva a partir do dia 20, no próximo domingo. Segundo o modelo, há condição de chuva para quase todo o estado, mas os volumes mais expressivos devem ser registrados no leste do estado, com precipitação entre 20 e 30 milímetros de precipitação. O modelo mostra ainda que a chuva poderá chegar até áreas do sul de Minas Gerais, levando também alívio ao produtor de café da região. O Inmet prevê ainda chuva para todo o estado do Rio de Janeiro.  Para esta quinta-feira (17), a Climatempo destaca que o Mato Grosso do Sul pode receber o avanço de algumas nuvens. "Algumas nuvens de chuva devem se formar no sul de Mato Grosso do Sul e também pelo litoral de São Paulo", comentou. Os modelos de previsão estendida da Administração Oceânica e Atmosférica (NOAA), assim como o Cosmo, também já sinaliza o retorno gradual das chuvas para as demais áreas do país. Para o período entre 17 e 25 de setembro, o Centro-Oeste pode receber chuvas pontuais, ainda com volumes baixos. Neste período, os volumes mais expressivos devem ser registrados no Sudeste do Brasil, com volumes entre 60 e 70 mm. Já para o período entre 25 de Setembro e 3 de Outubro, as condições apresentadas no modelo são ainda mais positivas para o Paraná. Segundo o NOAA, os volumes podem chegar a 100 mm em algumas áreas do estado. O modelo também indica chuvas mais volumosas para Santa Catarina. O modelo também já sinaliza a formação de um novo corredor de umidade na região da Amazonas, que segundo meteorologistas, deve descer para o Brasil Central e aliviar as condições de seca em toda a região.

 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink