Agronegócio

Inicia o plantio de arroz no Rio grande do Sul

O município de Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Estado, foi o primeiro
Por:
1834 acessos
O município de Uruguaiana, na Fronteira Oeste do Estado, foi o primeiro a iniciar a semeadura de arroz, até o momento a área cultivada é de quatro mil hectares, a meta é atingir 328 mil hectares na região, conforme o levantamento do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga).                     


No Estado já foram semeados 10.708 hectares e a maior extensão está na Fronteira Oeste que registra uma área de 10.122 hectares. Alegrete é o município que tem maior área plantada, com 5.622 hectares. A estimativa do Irga é que sejam cultivados 1.100.347 hectares de arroz no Estado neste ano, uma área 2% superior à semeada na safra 2012/2013.


De acordo com o coordenador da Coordenadoria Regional da Fronteira Oeste do Irga, Gustavo Hernandez, este ano os produtores começaram a semear um pouco antes da período tradicional que vai de 20 de setembro a 5 de novembro. “A nossa recomendação é que o produtor aproveite o clima favorável e inicie a semeadura”, esclarece.


Para o meteorologista do Irga, Glauco Freitas, a tendência é de pouca chuva e com distribuição irregular durante a primavera no Estado. Nas localidades próximas do Uruguai e do Litoral Norte os volumes de chuva podem ser um pouco maiores, mas mesmo assim abaixo da média para o período. “A previsão é de redução de 20 % a 40 % nas chuvas da primavera em relação à média histórica e o verão também deverá ser mais seco”, diz Freitas.


Apesar da previsão de uma primavera mais seca, Freitas adverte sobre a possibilidade de ocorrência de fenômenos mais extremos e a concentração de altas precipitações em locais específicos.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink