Iniciada a colheita de algodão em Mato Grosso

Agronegócio

Iniciada a colheita de algodão em Mato Grosso

Este ano, a expectativa é de uma safra menor já que muitos agricultores reduziram a área plantada
Por:
390 acessos

Começou a colheita do algodão em Mato Grosso. Este ano, a expectativa é de uma safra menor já que muitos agricultores reduziram a área plantada.

Das lavouras mato-grossenses deve sair quase 1,5 milhão de toneladas de algodão em caroço, o que representa mais de 70% da produção nacional. Em Campo Verde fica a maior área plantada do Estado. São 60 mil hectares.

O desenvolvimento da lavoura foi bom. A produtividade está dentro da média de 270 arrobas por hectare. Mas a preocupação dos produtores está na comercialização.

O produtor Diógenes Seron reduziu a área plantada de 1,2 mil para 960 hectares. Ele vendeu apenas 20% da produção antecipadamente pelo preço de R$ 38 a arroba.

“Deixa a gente bastante apreensivo devido ao baixo consumo. O estoque está um pouco alto. Se o preço não tiver uma elevação, a viabilidade do algodão está muito difícil”, avaliou Seron.

Em outra fazenda o agricultor Egon Lindorfe plantou 600 hectares. São 200 a menos em relação ao ano passado. “No ano passado fizemos troca e vendemos em torno de 50% da produção. Mas este ano, por falta de procura e de oferecimento de negócio, vendemos apenas cerca 10%”, falou.

Na cooperativa as máquinas beneficiadoras já começaram o trabalho. Este ano, a produção dos 12 cooperados deve ficar em torno de 11,5 mil toneladas. São 5,5 mil a menos do que na última safra.

“O preço justo para o nosso algodão seria de R$ 45 pela arroba, algo em torno do nosso preço mínimo. Seria nosso custo de produção. Estamos vendendo o algodão a R$ 38 a arroba. Não está cobrindo nossos custos. Nós esperamos receber um preço melhor em 2010”, reclamou Dirceu Mendes, presidente da cooperativa.

Segundo a Conab, a produção de algodão nesta safra deve ser de 1,2 milhão de toneladas, com queda de quase 27% em relação à safra anterior.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink