Inmet debate aquecimento global na agricultura
CI
Agronegócio

Inmet debate aquecimento global na agricultura

Especialistas discutirão os impactos do aquecimento na agricultura, oferta de água
Por:

O ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Luís Carlos Guedes Pinto, participa nesta quarta-feira (28-02), na sede do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet), às 9h, da solenidade de abertura do seminário “Mudanças Climáticas Globais e seus Efeitos na Agricultura, Recursos Hídricos e Saúde Pública”. O evento é realizado em parceria com o Instituto de Pesquisas Espaciais (INPE/CPTEC), a Sociedade Brasileira de Meteorologia (SBMet), a Agência Nacional das Águas (ANA) e a Universidade de São Paulo (USP).

Durante todo o dia, especialistas discutirão os impactos do aquecimento global nos três segmentos (agricultura, oferta de água e saúde pública) por meio de palestras e mesas redondas. O professor Pedro Leite da Silva Dias, da USP) e o técnico do INPE/CPETC, José Antônio Marengo Orsini, apresentarão os principais pontos do relatório do IPCC (Painel Intergovernamental para Alterações Climáticas) divulgado neste mês sobre as conseqüências do aquecimento global para o planeta Terra.

O relatório do IPCC, que agrupa a Organização Mundial de Meteorologia e o Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente, constata, entre outras previsões, que até o fim deste século, a temperatura da Terra pode subir de 1,8ºC até 4ºC. O nível dos oceanos vai aumentar de 18 a 59 centímetros até 2.100, podendo levar 200 milhões de pessoas a abandonar suas casas.

As chuvas, diz o documento, devem aumentar cerca de 20% e o aquecimento do planeta será mais sentido nos continentes do que no oceano. O hemisfério norte será mais afetado que o sul e, no Brasil, o aquecimento mais intenso ocorrerá no final deste século, no Centro-Oeste e no Norte. Durante o seminário, serão discutidos, entre outros temas, o futuro do regime climático, negociações internacionais e ações para orientação de política pública.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink