Inspeção de alimentos da agricultura familiar é tema de seminário no Amapá

Agronegócio

Inspeção de alimentos da agricultura familiar é tema de seminário no Amapá

O evento é organizado pelo GERA, gerido pela Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário do Governo Federal.
Por:
6986 acessos

Quais são os desafios da fiscalização sanitária de alimentos produzidos no Amapá e sua relação com a saúde pública? Esta e outras questões relacionadas à inspeção de alimentos produzidos no Amapá estão sendo debatidas no Seminário "Produção na Agricultura Familiar: Inspeção e Controle de Qualidade no Estado do Amapá", realizado nesta sexta-feira, 24/6, no auditório da Embrapa Amapá. O evento é organizado pelo Grupo Estadual de Execução de Políticas Agrícolas para Reforma Agrária (GERA), gerido pela Secretaria de Agricultura Familiar e Desenvolvimento Agrário do Governo Federal. O objetivo do evento é debater o sistema de inspeção sanitária, normas e o processo de certificação das empresas, familiares e empresariais, que beneficiam e manipulam alimentos.

Durante a solenidade de abertura, o chefe-geral da Embrapa Amapá, Jorge Yared, parabenizou os organizadores pela iniciativa de realizar o seminário. "Percebemos nos últimos cinco anos, uma mudança no panorama da produção agrícola do Amapá. É importante estarmos preparados para esse novo processo por meio da inovação tecnológica, que é o papel da Embrapa, como também nos aspectos da legislação ambiental e do controle e qualidade dos alimentos. Nesse contexto, um evento como esse é de grande importância porque afeta diretamente a qualidade do produto da nossa agricultura".   

Após a abertura, o gerente do núcleo de inspeção de origem vegetal da Agência de Defesa e Inspeção Agropecuária do Estado do Amapá (Diagro), César Velasco, falou sobre o papel deste órgão e a inspeção de alimentos no Amapá, esclarecendo a situação atual e perspectivas. Em seguida, foram realizadas as palestras de Walterly Silva, gerente do núcleo de análise, registro e rotulagem da Diagro, sobre registro de estabelecimento; a palestra seguinte foi apresentada pelo fiscal Rômulo Costa, da Diagro, sobre procedimentos na inspeção de alimentos de origem vegetal conforme a Portaria 027/2016. A última apresentação do período da manhã foi do técnico José Severino Silva, da Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará (Adepará), sobre os 10 anos do sistema de inspeção estadual no Pará. No período da tarde, serão realizadas palestras sobre a atuação da Vigilância Sanitária da agricultura familiar, a política federal de inspeção de alimentos e uma apresentação sobre a agricultura familiar e o papel da sociedade civil.

De acordo com os organizadores, o GERA "une forças por meio de parcerias para potencializar a agricultura familiar e desenvolver a cadeia produtiva do estado dentro dos padrões sanitários exigidos pela legislação". Neste sentido, estão presentes representantes de órgãos federais, estaduais e municipais, cooperativas, associações de agricultores, produtos do estado do Amapá, e sociedade civil organizada, valorizado o fato de que essa política é fundamental para que os agricultores tenham acesso aos mercados consumidores formais e institucionais, com o Programa de Aquisição de Alimentos (PAA) e o Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE). 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink