Insumos pesaram no bolso do pecuarista em 2018

Agricultura

Insumos pesaram no bolso do pecuarista em 2018

Altas de preços do milho e farelo de soja em 2018 prejudicaram o poder de compra do pecuarista, frente a estes insumos
Por:
412 acessos

As altas de preços do milho e farelo de soja em 2018 prejudicaram o poder de compra do pecuarista, frente a estes insumos. Durante o período da seca, em alguns meses foram necessárias mais de dez arrobas de boi gordo para a compra de uma tonelada de farelo de soja em São Paulo. Para uma comparação, em 2017, essa relação ficou entre sete e oito arrobas de boi gordo por tonelada de farelo. 

Para o milho, a relação de troca em São Paulo, que em 2017, ficou próxima de cinco sacas adquiridas com o valor de uma arroba de boi gordo, chegou a 3,4 sacas por arroba em maio de 2018 (pior relação do ano). Para 2019, a previsão é de preços menores para o milho e farelo de soja, e de cotações maiores para arroba do boi gordo. A relação de troca frente a estes insumos deverá melhorar.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink