Agronegócio

International Paper leva desenvolvimento sustentável ao MS

Investindo US$ 1,5 bilhão nas fábricas de papel e de celulose em Três Lagoas (MS)
Por: -Redação
1 acessos

A International Paper (IP) realiza, em conjunto com os governos do Mato Grosso do Sul e do município de Três Lagoas, nesta terça-feira (19-12), a cerimônia de lançamento da pedra fundamental de sua fábrica de papel no Horto Barra do Moeda. No evento, estão confirmadas as presenças do governador do Estado, José Orcírio Miranda dos Santos, da prefeita de Três Lagoas, Simone Tebet, além de outras autoridades, representantes de associações e entidades.

O anúncio da construção das fábricas foi viabilizado por meio do acordo de permuta de ativos firmado entre a IP e a Votorantim Celulose e Papel (VCP) em setembro. Três Lagoas reúne as condições apropriadas para a implantação do projeto, por apresentar base florestal constituída e consolidada desde os anos 80. Além disso, tornou-se pólo de desenvolvimento regional, devido à sua proximidade a fontes de energia elétrica e gás natural, infra-estrutura de logística para recebimento de insumos e escoamento de produtos e disponibilidade hídrica por meio do rio Paraná.

Intensificando a inserção do Brasil no mercado global

Trata-se da primeira fábrica de papel a ser construída no Brasil, após o período de 12 anos, o que evidencia a importância do empreendimento para o setor e para o próprio desenvolvimento do País. Segundo Maximo Pacheco, presidente executivo da International Paper do Brasil, a nova fábrica de papel é um projeto que se insere em um mercado em franco crescimento e que tem uma forte demanda global. O mercado latino-americano de papel não revestido, por exemplo, deve ter um incremento anual de 3,5% nos próximos 15 anos. “A implantação dessa nova unidade produtora, com capacidade inicial de 200 mil toneladas/ano de papel e previsão de início de operação no primeiro trimestre de 2009, permite à IP atender aos nossos clientes da América Latina e demais regiões do mundo, intensificando a inserção do Brasil no mercado global”, declara.

Projetos financeiramente robustos, a IP investirá US$ 1,5 bilhão em Mato Grosso do Sul com a instalação das fábricas de papel e de celulose. Os empreendimentos proporcionarão um aumento de 0,15% no PIB brasileiro, de 13,5% no do Estado e de quase 300% no do município de Três Lagoas. As informações são da assessoria de imprensa da IP.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink