Inundação destrói milho nos EUA

MUNDO

Inundação destrói milho nos EUA

Grão atingido por água de rio é considerado adulterado pela Food and Drug Administration
Por: -Leonardo Gottems
2374 acessos

As inundações estão causando muitos estragos na produção de milho dos Estados Unidos, especialmente no Nebraska, segundo informações divulgadas pelo portal agriculture.com. Nesse sentido, o presidente norte-americano, Donald Trump, declarou a região como “estado de calamidade” e “área de desastre”. 

Enquanto o Rio Missouri segue aumentando seu nível, é esperado que mais milho armazenado em Iowa seja danificado. Nos preços à vista locais do milho e da soja, cerca de US$ 7,3 milhões podem não ser substituídos pelos agricultores. Para piorar a situação, a Administração Nacional Oceânica Atmosférica relata que a precipitação acima da média nesta primavera pode aumentar o risco de enchentes em todo o país. 

O Departamento de Agricultura do Nebraska deu perdas estimadas preliminares de US$ 400 milhões para o setor pecuário e US$ 440 milhões em perdas de safra. As estimativas preliminares não contabilizam as perdas de propriedade, com exemplos como celeiros, edifícios, currais, cercas, sistemas de irrigação, etc., nem contam para a reconstrução de infraestrutura necessária à agricultura, com exemplos como estradas e pontes. 

“De acordo com a política atual da Food and Drug Administration, o grão inundado por água descontrolada de rio ou riacho é considerado adulterado e deve ser destruído. A situação atual é uma das inundações da água do rio, e não da água acumulada pela chuva em terreno baixo, para a qual existem opções de salvamento. As águas das enchentes baseadas no rio podem trazer muitos perigos e deterioração rápida”, afirmou Charles Hurburgh, engenheiro agrícola e de biossistemas do Iowa Beef Center. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink