Inundação nos EUA terá impacto menor

EXPECTATIVA

Inundação nos EUA terá impacto menor

Projeção era de mais estragos
Por: -Leonardo Gottems
253 acessos

Uma pesquisa realizada pelo Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) indicou que as inundações de primavera que aconteceram no país devem ter um impacto menor do que o esperado. O levantamento foi realizado com produtores rurais que foram atingidos pelas cheias dos rios e lagos. 

O relatório “Prospective Plantings”, do USDA, indica que os produtores pretendem plantar uma área combinada de 177 milhões de acres de milho e soja nesta primavera. Em comparação, as estimativas de inundações em terras agrícolas variam de 500.000 acres em Iowa e oeste de Nebraska a 1,1 milhões de acres no Centro-Oeste. 

O relatório do USDA baseou-se em uma pesquisa com mais de 82.000 agricultores durante as duas primeiras semanas de março, pouco antes de uma nevasca varrer o oeste de Nebraska, onde as pastagens de primavera aceleraram o degelo na parte superior da bacia do rio Missouri. A temporada de plantio de primavera está próxima e há uma preocupação generalizada se as inundações persistirem e se os campos vão secar a tempo de produzir uma safra. 

Especialistas em clima do governo dizem que chuvas de primavera adicionais e neve derretida prolongarão e expandirão as inundações nesta primavera. A nevasca recorde em uma grande faixa dos Estados Unidos preparou o cenário para o risco elevado de inundações nas próximas semanas. 

A Maxar Technologies estimou mais de 500 mil acres inundados em março em Iowa e Nebraska, dois dos principais estados produtores de milho e soja, com base em sua comparação de imagens de satélite e registros do USDA de 2018. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink