Investimentos do Banco do Brasil no Paraná somam R$ 16,7 bilhões

Agronegócio

Investimentos do Banco do Brasil no Paraná somam R$ 16,7 bilhões

Desse total, as aplicações no agronegócio correspondem a R$ 8,5 bilhões
Por:
545 acessos

O Banco do Brasil tem aplicado hoje no Paraná R$ 16,7 bilhões referentes a empréstimos concedidos às micro e pequenas empresas, grandes projetos de desenvolvimento e à agricultura. Desse total, as aplicações no agronegócio correspondem a R$ 8,5 bilhões, que representam 75% do volume de recursos aplicados na agricultura do Estado. O relato desses investimentos foi feito nesta terça-feira (25) pelo superintendente do BB no Paraná, Paulo Roberto Meinerz, durante reunião da Escola de Governo

Meinerz fez também um balanço do crédito rural concedido no Estado nas safras 2007/08 e das expectativas para a safra 2008/09. Segundo o representante do banco, o aumento das linhas de crédito do BB no Paraná deve-se à parceria com o governo do Estado, que busca o fortalecimento dos investimentos em programas que atendem a Agricultura Familiar.

Desde 2005 o Banco do Brasil dobrou as aplicações na carteira de crédito rural, passando de R$ 4,2 milhões para os R$ 8,5 bilhões. O superintendente atribuiu o crescimento dos investimentos à eficiência das parcerias firmadas com a Secretaria da Agricultura e do Abastecimento, com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA) e com entidades como Faep e Fetaep e Emater, que analisa e encaminha os projetos técnicos para o banco.

Para atender o aumento desses investimentos, o Banco do Brasil ampliou o número de agências e postos, que hoje somam 509 pontos de atendimento nos 339 municípios. Antes de 2005, o banco estava presente em 219 municípios, relatou.

Só na Agricultura Familiar, o saldo de aplicações do BB desde 2006 acumula quase R$ 2 bilhões, disse Meinerz. São recursos oferecidos em linhas de crédito para investimentos e que contemplam financiamentos de pequenos produtores que querem se beneficiar de programas como Irrigação Noturna, Trator Solidário e Cafeicultura.

Em investimentos de custeio das lavouras, o BB desembolsou R$ 5,7 bilhões na safra 08/09, o que representa uma evolução de 57% em relação à safra 2005/06, quando foram aplicados R$ 4,2 bilhões. Para a safra 2009/2010 que se inicia, o Banco aplicou R$ 617 milhões nos meses julho e agosto, crescimento de 33% sobre o mesmo período do ano passado, quando foram investidos R$ 463 milhões.

Segundo Meinerz, o BB foi autorizado a liberar entre 20% a 30% a mais nas linhas de crédito para o meio rural em relação ao que foi investido no ano passado. Outro compromisso do banco é investir mais R$ 1,3 bilhão até julho de 2011 em projetos agropecuários do Estado e que atendam a Agricultura Familiar em projetos de armazenagem, pecuária leiteira, Fundo de Aval e distribuição de calcário.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink