Irga e Embrapa firmam parceria de cooperação institucional

Agronegócio

Irga e Embrapa firmam parceria de cooperação institucional

O corpo técnico das duas empresas deve dar importância para uma maior produtividade
Por: -Joana
1046 acessos
Com o objetivo de firmar uma parceria de cooperação institucional, o presidente do Instituto Rio Grandense do Arroz (Irga), Cláudio Pereira, esteve reunido na segunda-feira (11), com o chefe geral da Embrapa Clima Temperado, Waldyr Stumpf. O encontro aconteceu na sede da Embrapa, em Pelotas.

Para o presidente do Irga, o produtor será o maior beneficiado com a reconstrução desta relação institucional. “Temos que trabalhar juntos, superando as questões administrativas. O corpo técnico das duas empresas deve dar importância para uma maior produtividade, visando sempre a eficiência econômica e socioambiental com a clareza de que somos órgãos públicos”, ressalta.

Waldyr Stumpf salientou que a Embrapa está muito bem preparada na área de infra-estrutura e tecnologia e a aproximação com o Irga é muito importante tanto pela excelência no desenvolvimento da pesquisa como na sua capilaridade junto à cadeia orizícola.

O chefe da unidade lembra a importância de trabalhar com sistemas integrados de produção com estratégias de gestão, verificando alternativas para viabilizar a atividade rural. “As equipes têm que estar preparadas para uma gestão compartilhada, transformando a pesquisa em um produto aplicável”, defende Stumpf.

Nesta reunião ficou definido que deve-se estabelecer um acordo de cooperação através de um protocolo de intenções afinando as áreas em comum.

Participaram do encontro, pelo Irga, o assessor da presidência, André Luiz Oliveira, o chefe de gabinete, César Marques Pereira, o assessor técnico, Sergio Gindri Lopes e o gerente da Divisão de Pesquisa, Carlos Alberto Fagundes. Pela Embrapa, estiveram presentes o chefe adjunto de Administração, José Dias Vianna Filho, o Chefe Adjunto de Pesquisa e Desenvolvimento, Clenio Nailto Pillon e o Chefe Adjunto de Comunicação e Negócios, João Carlos Costa Gomes.


As informações são da assessoria de imprensa do Instituto Rio Grandense do Arroz.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink