Japão perde status global de país livre da peste suína clássica
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,114 (0,10%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)

Imagem: Pixabay

STATUS SANITÁRIO

Japão perde status global de país livre da peste suína clássica

Para recuperar seu status, o Japão terá que garantir que não haja casos relatados nos últimos 12 meses
Por:
130 acessos

Na quinta-feira, o Japão perdeu oficialmente o status de país livre da peste suína clássica, pois não conseguiu conter um surto que começou há dois anos. A Organização Mundial de Saúde Animal (OIE) suspendeu o status do Japão em 3 de setembro de 2018, depois que o país informou que suínos para engorda foram encontrados mortos na prefeitura central de Gifu.

De acordo com o Ministério da Agricultura do Japão, foi o primeiro caso relatado no país desde 1992. A OIE em 2015 reconheceu oficialmente o país como livre da doença, também conhecida como cólera suína.

Para recuperar seu status, o Japão terá que garantir que não haja casos relatados nos últimos 12 meses e que nenhuma vacina contra a doença seja realizada durante o mesmo período. A vacinação contra a cólera suína começou no Japão em outubro de 2019 pela primeira vez em 13 anos.

Um funcionário do ministério disse que pode levar mais de 10 anos para erradicar a doença, considerando o tempo que o Japão levou da última vez. O status internacionalmente reconhecido às vezes é necessário para a exportação de carne suína para novos mercados.

Para recuperar o status o mais rápido possível, o ministério implementou medidas de controle mais rígidas para as fazendas de suínos, enquanto também tenta desenvolver novas vacinas. A cólera suína afeta apenas porcos e javalis, mas tem uma alta taxa de mortalidade. A saúde humana não é afetada, mesmo se a carne de um animal infectado for consumida.

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink