JBS divulga receita líquida de R$ 45,2 bilhões no 2º trimestre
CI
Economia

JBS divulga receita líquida de R$ 45,2 bilhões no 2º trimestre

No período, contudo, a empresa registrou prejuízo contábil de R$ 911,1 milhões
Por:

A JBS encerrou o segundo trimestre de 2018 com uma receita líquida de R$ 45,2 bilhões, aumento de 8,4% comparado ao mesmo período do ano anterior. No período, contudo, a empresa registrou prejuízo contábil de R$ 911,1 milhões, segundo relatório divulgado nesta semana.

No trimestre, cerca de 75% das vendas globais da JBS foram realizadas nos mercados domésticos em que a companhia atua e 25% por meio de exportações. No 2º trimestre de 2018, a JBS registrou uma despesa financeira líquida de R$4.718,1 milhões.

O resultado das variações cambiais ativas e passivas correspondeu a uma despesa de R$ 3.909,3 milhões, enquanto que o ajuste a valor justo de derivativos foi positivo em R$ 151,0 milhões. Os juros passivos foram de R$ 1.003,8 milhões e os juros ativos foram de R$ 64,3 milhões. Impostos, contribuições, tarifas e outros resultaram em uma despesa de R$ 20,3 milhões.

Seara

A receita líquida da Seara atingiu R$ 4.088,7 milhões no 2º trimestre de 2018, 5,4 % inferior ao 2º trimestre de 2017. O volume total comercializado apresentou uma redução de 10,6%, decorrente de um menor volume de exportações (-19,2%), devido principalmente à greve dos caminhoneiros, que reduziu os embarques, e também pelo fechamento do mercado russo para a carne suína brasileira.

No mercado interno, o volume foi menos afetado pela greve e apresentou uma pequena redução de 1,7%. Em processados, houve uma redução de 2,4% no preço médio de vendas, devido ao mix de produtos comercializados como reflexo da greve. Na venda de frango in natura houve uma redução de 4,3% no preço médio decorrente da maior oferta do produto e também da redução das exportações. No mercado externo, o preço médio de vendas foi 12,6% superior ao 2º trimestre de 2017.

Apesar dos intensos esforços em toda a cadeia para minimizar os impactos operacionais, a greve dos caminhoneiros causou uma perda de R$ 112,9 milhões (aproximadamente 2,8 p.p. do EBITDA) no resultado do trimestre, composto principalmente pelos descartes e menor produtividade do plantel de animais, bem como aumento dos custos industriais e logísticos. O resultado do 2º trimestre de 2018 foi também fortemente impactado pelo aumento dos custos do milho e do farelo de soja.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink