John Deere leva inovação e novidades em Agricultura de Precisão para a Agrotins

Agrotins

John Deere leva inovação e novidades em Agricultura de Precisão para a Agrotins

Companhia destaca soluções tecnológicas e mostrará um dos principais lançamentos deste ano
Por:
75 acessos

Além de máquinas, a companhia destaca soluções tecnológicas e mostrará um dos principais lançamentos deste ano, o Centro de Operações

A Região Norte do país registrou, em 2017, aumento de receita no setor agropecuário. Tomando como exemplo a produção nas lavouras, dados da Secretaria de Política Agrícola (SPA) mostram que o volume financeiro atingiu um valor bruto de R$ 16,6 bilhões. O destaque ficou por conta da soja, com R$ 5,3 bilhões em receita, sendo que o estado de Tocantins representou R$ 2,53 bilhões do total.

É em meio a esse cenário positivo que a John Deere participa da 18ª Agrotins – Feira de Tecnologia Agropecuária do Tocantins, que acontece de 8 a 12 de maio, em Palmas (TO). Neste ano, além do portfólio de máquinas e serviços de Pós-Vendas, a companhia leva soluções em tecnologia para o evento, destacando seu mais recente lançamento, o Centro de Operações.

Plataforma online de gerenciamento de dados, a ferramenta integra informações agronômicas, de máquina e produção. Sem sair do escritório, o produtor, a partir do cruzamento de dados obtidos pelas máquinas durante o plantio, pode identificar oportunidades de redução de custos, de otimização da operação, zonas de manejo, dentre outros benefícios, e tudo de forma segura. As principais funcionalidades disponíveis no Apex™ - outro software de gerenciamento de dados da John Deere - também serão disponibilizadas para o Centro de Operações, que receberá todo o backup do programa, com a vantagem de poder ser acessado de diversos computadores, em diferentes lugares, reunindo todos os dados da fazenda em uma interface intuitiva.

"Com o Centro de Operações, o agricultor pode tomar decisões instantaneamente e, assim, otimizar o processo produtivo, obtendo mais rentabilidade. Ferramentas de tecnologia, que aliam inovação e análise de dados, são a agricultura do futuro que deixa de ser de Precisão e passar a ser de Decisão", diz Rodrigo Bonato, diretor de Vendas da John Deere Brasil.

Liderando esse movimento para inserir a tecnologia no dia a dia do produtor rural, a companhia investe constantemente em pesquisa e inovação. No Brasil, a John Deere inaugurou, em 2017, o CAPI (Centro de Agricultura de Precisão e Inovação), em Indaiatuba (SP), ambiente que integra sistemas produtivos e busca soluções diferenciadas, com base em inovação, para atender as necessidades de seus clientes. Em todo o mundo, o investimento em pesquisa e desenvolvimento é de US$ 4 milhões.

Portfólio e serviço de Pós-Venda são destaques da empresa
Representada pela Maqcampo, concessionário que atende Tocantins, a John Deere levará para seu estande um portfólio selecionado. Da Série 5E de tratores, estarão disponíveis os modelos 5065E, 5078E, 5085E e 5090E, voltados aos pequenos produtores. Entre as vantagens desses equipamentos, estão a economia de combustível, o menor tempo de manobras e ajustes e o maior rendimento operacional.

A linha 6J (6115J, 6125J e 6190J) também estará na Agrotins e tem como diferenciais eficientes sistemas hidráulicos e transmissão com durabilidade e facilidade de manutenção. Os tratores dessa série representam a junção da tecnologia com a confiabilidade. Já o modelo 7230J, da Série 7J, é um equipamento que conta com duas opções de transmissão, opções para agricultura de precisão e tecnologia. Além dos tratores, compõem a lista dois modelos das colheitadeiras Série S, a S-550 e a S-660, os pulverizadores 4630 e 4730, as plantadeiras 2122 e 2117-RIO e a pá mecânica 553.

Outro destaque da John Deere é o serviço de Pós-Vendas. Ao todo, a companhia tem mais de 270 pontos de vendas, com mais de 600 profissionais capacitados para oferecer serviços de otimização e manutenção preventiva. O concessionário pode ainda, por meio da tecnologia JDLink™, fazer diagnósticos remotamente através da verificação de códigos de falhas, otimização da performance dos equipamentos, atualização remota de software, relatórios de dados. No estande, o visitante poderá conhecer mais sobre esses e outro serviços e ver demonstrações de como eles funcionam na prática.

A Agrotins, uma das mais importantes feiras da Região Norte, destaca novidades do agronegócio brasileiro e divulga ações de pesquisa, adaptação, validação, e transferência de tecnologias para os diversos seguimentos do setor produtivo. Na edição do ano passado, o evento recebeu 120 mil visitantes e movimentou R$ 652 milhões em volume de negócios.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink