Jorge Matsuda é eleito presidente da Asbram


Agronegócio

Jorge Matsuda é eleito presidente da Asbram

Posse está prevista para o início de janeiro do próximo ano
Por:
2435 acessos
Em Assembleia Geral realizada na tarde no último dia 8 de dezembro, em São Paulo, a Asbram – Associação Brasileira das Indústrias de Suplementos Minerais elegeu sua nova Diretoria e Conselhos para o biênio 2012/2013. Jorge Matsuda, presidente do Grupo Matsuda, será o novo presidente, com posse prevista para o início de janeiro do próximo ano.
 
Para o presidente eleito, a próxima gestão será de desafios, já que questões importantes serão o foco de sua atenção. Dentre elas, Jorge Matsuda destaca “a necessidade de isentar as indústrias de suplementação mineral do PIS/COFINS, tributo hoje não cobrado das indústrias de fertilizantes”. Para ele, a cadeia produtiva da suplementação mineral “tem convivido com elevado volume de impostos cobrados pelo governo brasileiro. Além disso, tem recebido tratamento desigual em relação à agricultura, situação que contribui ainda para pressionar os preços dos insumos essenciais, como o ácido fosfórico e a ureia”.
 
 
O novo presidente da Asbram ressalta que as indústrias que atuam no mercado agrícola “contam com isenção fiscal de impostos, como o PIS/COFINS, que é cobrado com alíquota de 9,2% apenas das empresas de suplementação mineral”. A isenção do PIS/COFINS da nutrição animal, segundo Jorge Matsuda, “beneficiará, e muito, a produção animal e, por extensão, os próprios consumidores finais”.
 
A Entidade
 
A ASBRAM, constituída em 1997 por 13 empresas do setor que buscavam o fortalecimento através da união, congrega atualmente 61 das indústrias brasileiras produtoras de suplementos para a pecuária, estabelecidas em 12 Estados, e que detêm, em conjunto, mais de 80% da produção brasileira do segmento da suplementação.
 
Sua missão é incentivar, através de todos os meios apropriados o uso de suplementos para nutrição animal, demonstrando a importância de sua utilização correta, visando a melhoria dos níveis da produção agropecuária e a qualidade de seus produtos, de forma ética e profissional.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink