Jornada de divulgação científica acontece em Porto Velho (RO)

Agronegócio

Jornada de divulgação científica acontece em Porto Velho (RO)

Estratégias de Comunicação para a divulgação científica da pesquisa floresta será debatida
Por: -Renata
246 acessos
A Embrapa Rondônia, Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária, vinculada ao Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento realiza eventos que visam reunir profissionais de comunicação e de áreas afins da pesquisa agropecuária, pesquisadores e estudantes para debater idéias sobre a importância da divulgação científica com linguagem acessível, em especial da ciência florestal para a sociedade.


A Jornada de Divulgação Científica da Ciência Florestal acontece nos dias 10 e 11 de abril, em Porto Velho, com apoio das Faculdades Uniron e Faro. Estão programados para o primeiro, reunião técnica das 8h30 às 12h, no auditório da Embrapa Rondônia, e Seminário de Sensibilização para a Divulgação Científica, das 19h às 21h, no auditório da Campus II da Uniron, aberto ao público. Na sexta-feira, a partir das 19h, este seminário será realizado na Faro.


Esses eventos contarão com a participação especial do professor e jornalista Mauro Celso Destácio, especialista em divulgação científica pelo Núcleo José Reis de Divulgação Científica da ECA/USP.
Paralelo à Jornada, a Embrapa Rondônia em parceira com a Uniron promove a oficina de divulgação científica e produção de spots sobre pesquisa florestal, nos dias 08 e 09, para acadêmicos do curso de comunicação social.

Os eventos fazem parte das atividades de capacitação do projeto “Estratégias de Comunicação para a divulgação científica de resultados da pesquisa florestal desenvolvida pela Embrapa na Amazônia Ocidental (ComCiência Florestal)”, conduzido pela Embrapa Rondônia com recursos do CNPq/PPG7. O projeto, liderado pela pesquisadora Vânia Beatriz de Oliveira, tem por objetivo divulgar resultados de pesquisa na área florestal na Amazônia, em especial pelas Unidades da Embrapa Rondônia e da Embrapa Amazônia Ocidental, sobre zoneamento edafoclimático de espécies florestais para reflorestamento e zoneamento de sistemas agroflorestais para a recuperação de áreas degradadas.


Vânia salienta que o projeto tem a idéia de contribuir para a popularização da ciência e fortalecimento da cidadania, por proporcionar aos públicos alvo, o acesso à informação em linguagem adequada, sobre os benefícios dessas tecnologias. “Levar ciência ao conhecimento do cidadão comum é um desafio que se apresenta aos cientistas e aos profissionais das áreas de comunicação e educação”, reforça a pesquisadora. As informações são da assessoria de imprensa da Embrapa Rondônia.


32 anos de pesquisas, parcerias e resultados!
Internet: www.cpafro.embrapa.br
Porto Velho (RO): BR 364 (sentido Cuiabá) – km 5,5

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink