José Serra participa do Fórum Permanente do Agronegócio na Farsul
CI
Agronegócio

José Serra participa do Fórum Permanente do Agronegócio na Farsul

O objetivo do evento também é contribuir com o novo governo brasileiro
Por: -Marianna
O candidato à presidência da República pelo PSDB, José Serra, participou do encerramento da 29ª etapa do Fórum Permanente do Agronegócio, no auditório da Farsul, nessa quinta-feira (22). Foi saudado pelo presidente Carlos Sperotto que explicou o objetivo das discussões sobre fertilização nas atividades agropecuárias do RS. “Estamos discutindo dificuldades e buscando soluções. O objetivo também é contribuir com o novo governo brasileiro”, enfatizou Sperotto. O presidente da Farsul ainda lembrou que o candidato José Serra foi o único que compareceu no encontro com os presidenciáveis organizado pela CNA. Ressaltou que os produtores estão buscando candidatos capazes de atender às necessidades do setor. Sperotto acrescentou que mesmo com uma grande safra de 24 milhões de toneladas de grãos, os produtores do RS não estão conseguindo pagar as dívidas porque a equação do financiamento com o preço agrícola não fecha. “Não queremos glória, mas oportunidade de continuar trabalhando. Nosso produto é socializado, mas o preço é aviltado, por isso não conseguimos pagar a conta”, reforçou Sperotto. Ele também convidou o candidato para participar de evento com produtores no interior e confirmou a presença de Serra na Expointer 2010.

O candidato José Serra disse que o setor agrícola é muito bem organizado e a Farsul é a entidade mais forte do setor entre todos os estados brasileiros e talvez a melhor organizada no país e tem contribuição importante a dar ao Brasil. Serra classificou a campanha eleitoral como dura e difícil porque não está baseada em debates, mas em torpedos por baixo da mesa. Acrescentou que a vinda ao RS lhe dá mais confiança porque é um Estado especial onde acha que terá um bom desempenho nas urnas. Aproveitou para pedir além de idéias, votos aos produtores gaúchos e para tomar chimarrão. Entre as propostas de governo apresentadas ao público presente ao evento está o seguro rural. Segundo Serra, é preferível o Tesouro Nacional investir num bom seguro, do que subsidiar juros. Para ele, o seguro não significa gastar mais, mas gastar melhor. As informações são de assessoria de imprensa.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.