Jovens da América do Sul participam de curso da Reaf no Chile

Agronegócio

Jovens da América do Sul participam de curso da Reaf no Chile

“5º Encontro Sul-americano de Jovens Rurais: Caminhos para o Desenvolvimento”
Por:
1093 acessos

Criar um espaço de intercâmbio e integração da juventude rural é um dos objetivos do “5º Encontro Sul-americano de Jovens Rurais: Caminhos para o Desenvolvimento” da Reunião Especializada para a Agricultura Familiar do Mercosul (Reaf). O evento ocorre entre os dias 6 e 12 de novembro, no Chile. A delegação brasileira é formada por três jovens agricultores familiares e também representantes da Secretaria Especial de Agricultura Familiar e do Desenvolvimento Agrário (Sead). 

De acordo com a Reaf, existem aproximadamente 30,9 milhões de agricultores familiares na América Latina com idades entre 15 e 29 anos, o que representa 25,3% da população rural da região, e 19,6% do total de jovens. Para o Analista de Políticas Sociais da Sead, Leonardo Taveira, é fundamental promover o intercâmbio entre esses jovens agricultores “É um espaço importante porque coloca os jovens do Mercosul para aprender uns com os outros, falam sobre suas experiências e há uma troca de conhecimentos muito rica. Além de observar quais os desafios que cada um tem”, diz. Segundo o analista, promover a sucessão é um grande desafio no meio rural. “Se os jovens não permanecem no campo, a agricultura familiar fica ameaçada, e também fica ameaçada a garantia de alimentos saudáveis”. 

O 5º Encontro, diferente das outras edições, é um intercâmbio de uma semana onde os jovens vão percorrer, de ônibus, aproximadamente 800 Km do sul do Chile até a capital, Santiago, passando a cada dia por uma cidade rural diferente. Estão previstas atividades com a população local, proporcionando aprendizagem e o diálogo entre esses jovens agricultores. Segundo Leonardo, durante o caminho, serão coletados dados para se montar um documento com diretrizes para a construção de políticas públicas para a juventude da agricultura familiar. “Esse é um dos objetivos desse encontro, sistematizar as diretrizes do Mercosul para a juventude rural”, afirma Leonardo Taveira.

Para mais informações acesse aqui

 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink