Lácteos: preços seguem em alta no mercado internacional
CI
Agronegócio

Lácteos: preços seguem em alta no mercado internacional

O leilão realizado pela Fonterra ontem, dia 19 de março, colocou os produtos lácteos em um novo patamar de preço
Por:
O leilão realizado pela Fonterra ontem, dia 19 de março, colocou os produtos lácteos em um novo patamar de preço.

Realizado na Nova Zelândia, o leilão é um importante indicador de preços do mercado internacional, dado que o país é o maior exportador de lácteos do mundo.

Considerando a média de todos os lácteos negociados, houve alta de 14,8% em relação ao leilão realizado no dia 5 de março. O preço médio saiu de US$4.216,00 para US$4.683,00 por tonelada.

Foi a sétima alta consecutiva.O preço vigente é o maior desde o leilão realizado em 1 de março de 2011.

No acumulado dos últimos dezoito leilões, o preço médio dos lácteos negociados na plataforma Global Dairy Trade subiu 53,9%.

Para o leite em pó integral, as altas foram ainda maiores. O preço médio no último leilão foi de US$5.116,00 por tonelada, um aumento de 21,2% frente ao leilão do dia 5/3.



Nos últimos nove meses, o leite em pó integral ficou 77,3% mais caro.

As altas significativas são fundamentadas na preocupação do mercado internacional perante a menor oferta de leite da Oceania. Na Nova Zelândia, algumas regiões sofrem com a seca, que diminuiu a produção entre 15% e 20% em fevereiro, segundo o próprio governo neozelandês.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.