febre aftosa

Lanagro-RS protocola pedido para ser referência em controle de vacinas contra febre aftosa

Em 2016, a receita atingiu os US$ 5,3 bilhões e a indústria da carne emprega 6,7 milhões de pessoas no país
Por:
22 acessos

No ano que vem o Laboratório Nacional Agropecuário do Rio Grande do Sul (Lanagro-RS) deverá ser o único do país a ser referência em controle de vacinas contra febre aftosa. O pedido foi entregue, em Brasília, pelo coordenador-geral da Coordenação-Geral de Laboratórios Agropecuários (CGAL), Rodrigo Nazareno, e a coordenadora do Lanagro-RS, Priscila Moser para o representante da Organização Mundial de Sanidade Animal No Brasil (OIE) e diretor do Departamento de Saúde Animal (DSA/SDA), Guilherme Marques.


 
Atualmente o Lanagro-RS é o único laboratório do país a fazer o controle de vacinas conta febre aftosa, sendo responsável pela totalidade deste trabalho. As análises são realizadas em uma fazenda no município de Sarandi-RS e são fundamentais para a sanidade animal, impactando, diretamente, em questões sanitárias e comerciais estratégicas para o setor. Para se ter ideia da  importância desta ação para a cadeia do agronegócio brasileiro, segundo o IBGE, a produção de carne bovina no país se aproxima dos 10 milhões de toneladas anuais, sendo o maior exportador de carne bovina do mundo. A produção é uma das principais atividades da economia brasileira. Em 2016, a receita atingiu os US$ 5,3 bilhões e a indústria da carne emprega 6,7 milhões de pessoas no país.

 

Em outubro o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) aprovou versão definitiva do Plano Estratégico do Programa Nacional de Erradicação e Prevenção da Febre Aftosa (PNEFA) e a expectativa do país é conseguir, em 2018, ser considerado livre da doença com vacinação, conforme pronunciamento do ministro da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), Blairo Maggi . O Lanagro-RS é reconhecido por diversos órgãos e países já tendo ministrado cursos e consultorias na área. Para Priscila Moser este ato representa um grande passo para o Lanagro-RS e para a sociedade a medida que colabora, mundialmente, para o controle deste enfermidade. “Esperamos aprimorar ainda mais este trabalho. Marques se comprometeu em dar andamento a demanda e a expectativa é que em maio de 2018, na Reunião Ordinária da OIE, em Paris, o laboratório seja reconhecido como referência mundial”, destaca.

 
Paralelo a isso no próximo dia 22 de novembro a unidade de Sarandi deve receber a visita do secretário da Defesa Agropecuária (SDA), Luis Eduardo Pacifici Rangel, acompanhado de uma comitiva de diretores e do Coordenador-Geral de Laboratórios Agropecúarios (CGAL), Rodrigo Nazareno. Esta será a primeira vez que a SDA visitará a fazenda do Lanagro/RS, onde se efetuam os testes de vacina contra febre aftosa.

 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink