Larvas podem substituir antibióticos
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,112 (0,05%)
| Dólar (compra) R$ 5,61 (0,12%)

Imagem: Pixabay

PESQUISA

Larvas podem substituir antibióticos

As bactérias causam um subconjunto essencial de doenças que afetam as culturas agrícolas
Por: -Leonardo Gottems
487 acessos

Os biotecnologistas do Instituto de Física e Tecnologia de Moscou (MIPT), da Rússia, desenvolveram um método para extrair os componentes ativos da gordura das larvas de uma mosca que podem destruir bactérias causadoras de doenças em plantações agrícolas e são resistentes a antibióticos. O estudo foi publicado na Microorganisms. 

As bactérias causam um subconjunto essencial de doenças que afetam as culturas agrícolas. A forma padrão de combatê-los é com antibióticos, mas seu uso excessivo ao longo dos anos fez com que os micróbios desenvolvessem resistência. Além disso, os antibióticos nem sempre têm como alvo apenas as bactérias nocivas. Eles também podem matar micróbios que são benéficos para as plantas. 

Na busca por uma forma alternativa de proteger as plantas de bactérias patogênicas, os pesquisadores do MIPT recorreram às moscas da espécie Hermetia illucens, mais conhecidas como moscas do soldado negro. A hipótese da equipe era que os componentes da gordura das larvas da mosca poderiam ser um agente antimicrobiano. 

As moscas do soldado negro são originárias da América do Sul, mas também são encontradas na natureza em todo o mundo. As larvas de H. illucens são produzidas em massa em fábricas de insetos para alimentar gado e peixes. Principalmente porque as larvas têm uma dieta despretensiosa e acumulam muitas proteínas e gorduras sob uma capa quitinosa. Os animais são alimentados com larvas sem processamento prévio ou como extrato proteico produzido de múltiplas maneiras. 

Em seu estudo, os biotecnologistas do MIPT usaram gordura larval obtida por compressão mecânica sob uma prensa. Para extrair seus componentes biologicamente ativos, a equipe testou 20 solventes orgânicos diferentes tentando encontrar o mais adequado para esse propósito. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink