Lavoura de milho será menor no RS

Agronegócio

Lavoura de milho será menor no RS

A relação entre o preço do milho e da soja deve ocasionar forte redução nos milharais cultivados no Rio Grande do Sul
Por:
744 acessos

A relação entre o preço do milho e da soja deve ocasionar forte redução nos milharais cultivados no Rio Grande do Sul. O presidente da Farsul, Carlos Sperotto, arrisca projeção de diminuição de 50% na área semeada com milho, baseado também no déficit hídrico. Na safra passada, foram cultivados 1,3 milhão de hectares no Estado. Sperotto alegou que, com o preço atual do milho (em média R$ 17,33 a saca, conforme a Emater), seria necessário negociar mais de cem sacas para fazer frente ao custo de um hectare. Porém, a produtividade média, segundo ele, é de 65 sacas por hectare.

O presidente da Abramilho, Odacir Klein, é mais moderado e aponta que, no Brasil, o plantio pode ser 8% menor. "Não sei no Rio Grande do Sul, mas é possível que o percentual seja maior." Ele explica que, para compensar o investimento no milho, é necessário que o valor seja, pelo menos, a metade do preço da soja, que vale mais de R$ 40,00 a saca.

O efeito da redução de área no milho será sentido na soja, que contará com o impacto da falta d’água para o arroz. Sperotto calcula que o plantio da oleaginosa, de 3,7 milhões de ha no ciclo passado, possa aumentar em 2 milhões de ha.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink