Lavouras de arroz do Rio Grande do Sul serão vistoriadas
CI
Agronegócio

Lavouras de arroz do Rio Grande do Sul serão vistoriadas

Pelo menos 15 lavouras entre Mostardas e Tavares (RS) deverão ser vistoriadas
Por:

Pelo menos 15 lavouras de arroz deverão ser vistoriadas na primeira etapa da ação que está sendo desenvolvida pelo o Ibama e a Fepam, na área de influência do Parque Nacional da Lagoa do Peixe, de 34 mil ha, entre Mostardas e Tavares (RS).

Com término previsto para esta quarta-feira (14-02), a operação deve verificar o cumprimento das condicionantes das licenças ambientais para o plantio de arroz, os pontos de captação e o volume de água para a irrigação das lavouras, além do respeito à proteção da área ambiental. Tudo para preservar esse ecossistema, que é único, justifica a chefe do Parque, Maria Tereza Queiróz. Segundo ela, se as propriedades estiverem descumprindo as normas serão autuadas pela Fepam e poderão não receber novamente o consentimento do Ibama para a captação. Outra vistoria está programada para março.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink