Agronegócio

Leilão negocia 8,6 mil contratos de opções de venda de café

Segundo leilão de Contratos de Opção de Venda (Cov) de café
Por:
1261 acessos
O segundo leilão de Contratos de Opção de Venda (Cov) de café, em setembro, negociou 8.615 contratos dos 10 mil ofertados pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). Cada contrato arrematado nesta sexta-feira, 20 de setembro, equivale a 100 sacas de café arábica (6 toneladas) e tem exercício de opção para março de 2014, com preço de referência de R$ 343 por saca. O prêmio médio foi de R$ 1,906/saca.


Assim como no primeiro leilão deste mês, todos os sete mil lotes de Minas Gerais e os 1,4 mil de São Paulo foram arrematados. No Espírito Santo, foram adquiridos 75 de 700 contratos, enquanto na Bahia houve arremate de 30 dos 400 disponíveis e, no Paraná, 110 dos 500 ofertados.

No próximo dia 27, a Conab vai ofertar mais 10 mil contratos por meio de Cov de café. Nessa modalidade, o produtor pode vender o produto ao governo a preços pré-fixados e justos em uma data futura, caso o mercado privado não esteja favorável ao comércio. No primeiro leilão de setembro, ocorrido na última sexta-feira (13), foram comercializados 8.565 papéis.


As negociações desse tipo de contrato realizadas pela empresa pública estão entre as medidas do governo federal, por meio do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), para apoiar a comercialização de café no Brasil. Ao todo, o aporte de recursos é de R$ 1,05 bilhão para essas operações, mas o montante destinado na safra atual para o setor cafeeiro já soma R$ 5,8 bilhões.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink