Agronegócio

Leite: Mais qualidade, melhor preço

De acordo com o produtor Altair Romero, o preço do leite tem melhorado bastante, mesmo com os insumos ainda em patamares elevados, o que reduz a sua margem de lucro
Por:
1132 acessos
O produtor Altair Romero, de Lupionópolis - Paraná, afirma que o preço do leite tem melhorado bastante, mesmo com os insumos ainda em patamares elevados, o que reduz a sua margem de lucro. Para se ter uma ideia da evolução dos preços dos insumos, o produtor conta que chega a pagar R$ 35 a saca de concentrado, alimento rico em proteína feito à base de farelo de soja ou milho. Ele lembra que antes da alta das commodities, chegou a comprar a saca do concentrado por R$ 28.


Para aumentar a sua rentabilidade e atender as exigências da fábrica de iogurtes para a qual ele fornece, Romero busca agregar qualidade à produção. O pecuarista conta com um rigoroso processo que regula os índices de gordura, proteína, Células Somáticas (CCS) e Contagem Bacteriana Total (CBT).


Romero completa que o atendimento a cada requisito garante a ele um incremento de até R$ 0,10 por litro. "Hoje estou recebendo em torno de R$ 1,20 pelo litro. Antes do aumento dos preços estava recebendo R$ 1,10", observa. Ele completa que o produtor necessita ser profissional para sobreviver às oscilações do setor, garantindo produto de qualidade e, consequentemente, bons preços.


Atualmente, ele chega a produzir em torno 500 litros por dia. Com o bom desenvolvimento do setor produtivo, Romero pretende dobrar a produção no próximo ano. (R.M.)
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink