Leite subiu 47% com pandemia
CI
Imagem: Marcel Oliveira
VALORIZAÇÃO

Leite subiu 47% com pandemia

Na última semana o preço ficou estável no atacado. No spot alta de 5%
Por: -Eliza Maliszewski

Segundo os Indicadores do mercado do leite, boletim semanal elaborado pelo Centro de Inteligência do Leite da Embrapa Gado de Leite, o preço do leite UHT se manteve estável na última semana no atacado paulista, com média de R$ 3,58 o litro. Já em relação ao mês de fevereiro, antes da pandemia, a alta é de 47%. Naquele mês o litro custava R$ 2,43. 

A muçarela também seguiu estável na última semana com R$ 29,42/kg. Em relação a fevereiro a alta é de 61%. O leite em pó teve pequeno avanço de 5% na semana. Por outro lado, o mercado Spot apresentou uma correção de preços na última quinzena, recuando cerca de 5% ou o equivalente a 15 centavos por litro em Minas Gerais. Essa foi a primeira queda do Spot após oito quinzenas seguidas de alta. Quando observada a comparação com fevereiro a alta é de 65%.

No mercado de insumos, o milho apresentou pequena queda na última semana com um maior volume de oferta por parte dos produtores, em final de colheita da safrinha. Mas as exportações do cereal seguem firmes, assim como a demanda interna. Em fevereiro a saca de 60 kg custava R$ 51,69 em Campinas (SP). Na última semana saiu por R$ 58,48, alta de 13% em sete meses, de acordo com Cepea.

Já o farelo de soja registrou outra semana de valorização, refletindo a combinação de boa demanda interna, exportações aquecidas e baixos estoques domésticos. Em relação a fevereiro alta de 52%, de R$ 1.443 a tonelada no Paraná para R$ 2.196 a tonelada, segundo o Deral.
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink