Liberação de crédito pode ficar mais ágil no Centro-Oeste

Agronegócio

Liberação de crédito pode ficar mais ágil no Centro-Oeste

Produtores vêem na liberação mais rápida de crédito pelo BB neste mês de novembro um fato acalentador
Por: -Juan Velásquez
60 acessos

Apesar da estiagem que está ocorrendo de forma inusitada e prejudicando a plantação de grãos nos estados do Centro-Oeste, os produtores vêem, na liberação mais rápida de crédito pelo Banco do Brasil neste mês de novembro um fato acalentador.

Segundo o presidente da Comissão de Grãos da Federação da Agricultura e Pecuária do Estado de Goiás (Faeg), Alécio Maróstica, os produtores estariam sentindo, neste mês, uma agilidade maior nas liberações de crédito.

De fato, para o gerente executivo da diretoria de agronegócios do Banco do Brasil, Paulo de Oliveira, até o dia 31 de outubro a instituição tinha muito grande parte de suas atenções direcionadas para a renegociação de dívidas das safras passadas. Com o término dessas renegociações e um resultado de 9% das pendências postergadas, o banco passou a ter mais agilidade na liberação de operações financeiras dirigidas à safra atual.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink