Liberada levedura cisgênica que aumenta produtividade do etanol

Agronegócio

Liberada levedura cisgênica que aumenta produtividade do etanol

Aprovada pela CTNBio
Por: -Leonardo Gottems
936 acessos

Foi aprovada pela CTNBio (Comissão Técnica Nacional de Biossegurança) a liberação de uma espécie cisgênica de levedura que é capaz de aumentar a produtividade do etanol com a mesma quantidade de matéria-prima. Ao contrário dos transgênicos, os cisgênicos são eventos que combinam genes ou fragmentos de DNA entre uma mesma espécie.

“Não se trata de um transgênico, porque não recebeu nenhum gene de outro organismo que não da própria espécie chamada Saccharomyces cerevisae. O que a empresa fez foi o seguinte: a cana-de-açúcar possui dois genes, sendo que um foi retirado da planta. Os pesquisadores, então, aumentaram a quantidade do outro gene. Com isso, fez-se uma alteração na função dos componentes da espécie, mas sem introduzir um novo gene”, explica a relatora Patrícia Machado Bueno, professora da área de biotecnologia da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes).

“Eles alcançaram dois ganhos com essa medida: diminuíram a produção de glicerol, que é um subproduto não desejado, e aumentaram a de etanol combustível a partir de cana-de-açúcar fazendo uso da mesma quantidade de matéria-prima”, conclui.

Foto: Bob Blaylock


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink