Leilão

Liquidez chama atenção em leilão da Cabanha Judá

Égua com cria ao pé foi a mais valorizada, sendo comercializada a R$ 60 mil
Por:
8 acessos

O Leilão da Cabanha Judá ocorrido na noite deste sábado, 25 de novembro, registrou faturamento acima de R$ 500 mil com a venda de lotes de machos e fêmeas da raça Crioula, tendo muitas éguas prenhas e com cria ao pé. A média ficou em torno de R$ 15 mil. O animal mais valorizado do remate, ocorrido no Tattersall do Cavalo Crioulo, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio (RS), foi a fêmea Aurora Cala Bassa, com cria ao pé, vendida a R$ 60 mil. 

Conforme Marcelo Silva, leiloeiro e diretor da Trajano Silva Remates que comandou o leilão da Judá na noite de sábado, o que mais chamou a atenção foi a liquidez com a venda total de uma oferta grande de todos os tipos de animais. “Foram ofertados animais domados, garanhões, éguas velhas, novas e prenhas”, destacou.

Silva salientou a satisfação com o resultado, principalmente para essa época do ano em que ocorreram diversos leilões nos últimos dias. “Considerando o momento, estamos muito satisfeitos. Neste sábado tivemos alguns exemplares com preços bem significativos”, afirmou.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink