Liquidez e negócios em alta no Touros da Fronteira

Agronegócio

Liquidez e negócios em alta no Touros da Fronteira

Remate movimentou R$ 1,15 milhão com a venda de 195 animais
Por:
392 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.

A temporada de Primavera avança com a marca da liquidez em pista. Apesar das incertezas econômicas, as médias vêm mantendo o patamar de 2015 e o que tem sido ofertado nos remates tem sido vendido. A constatação ficou evidente nas negociações do leilão Touros da Fronteira, realizado na sexta-feira (21.10), em Santana do Livramento. Ao todo, o remate movimentou R$ 1,15 milhão com a venda de 195 animais, sendo 111 Angus e 84 Brangus. As médias da Angus seguiram as características da temporada com touros PO arrematadas por R$ 10.150,00 e reprodutores PC, por R$ 9.100,00. Nas fêmeas, as médias ficaram em R$ 3.300,00 nas PO; R$ 2.850,00 nas CA; e R$ 2700,00 nas AD. O preço top do leilão foi um touro PO preto ofertado pela Cabanha Cantagalo que saiu por R$ 13.500,00.

Segundo a criadora Elizabeth Linhares Torelly, da AML Agropecuária, os bons resultados são reflexo da seleção criteriosa dos animais. “A oferta foi muito boa, e as pessoas valorizaram  os animais”, constatou, reforçando a presença de mais de 400 convidados no recinto de leilões. Entre os clientes do grupo Touros da Fronteira, destaque para compradores de Santana do Livramento, Dom Pedrito, Bagé, Santiago, Alegrete, Quarai, São Francisco de Paulo, Santa Maria, Bom Jesus, entre outros. “Passamos por um momento delicado na economia, mas estamos tendo muita liquidez. Claro que isso oscila um pouco entre um leilão e outro, mas a temporada tem sido muito boa”, salientou.

Chancelado pela Associação Brasileira de Angus, o Touros da Fronteira é promovido pelas cabanhas AML Agropecuária, Cantagalo, Santa Inês, São Miguel do Sarandy, Santa Rita/Diamante e Sigma. 
 
Foto: Duda Pinto

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink