Livro divulga processo de cultivo da batata orgânica

Agronegócio

Livro divulga processo de cultivo da batata orgânica

Por:
243 acessos

Além da revelação de uma nova variedade de trigo, o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) está divulgando também o livro Produção orgânica de batata -Potencialidades e desafios, editado pelo pesquisador do instituto Nilceu Ricetti Xavier Nazareno, que foi escrito por 14 autores do próprio instituto, do Centro Paranaense de Referência em Agroecologia, da Universidade Estadual de Maringá, da Universidade Estadual de Ponta Grossa, da Universidade Estadual do Oeste do Paraná e da Embrapa Clima Temperado.

Nazareno informa que o livro surgiu de um projeto do Iapar de se estudar o sistema de produção da batata orgânica. "Esse projeto era de 2004. Enxergamos nessa pesquisa uma possibilidade de lançar em forma de livro, sendo assim solicitamos junto a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Seti) para publica-lo", diz.

O pesquisador informa que a ideia era de criar um conjunto de textos para que produtores rurais, técnicos, estudantes e pessoas ligadas à área entendesse todo o processo para o cultivo da batata orgânica.

"Essa atividade agrícola exige um bom conhecimento, uma vez que a batata precisa de muitos insumos para se desenvolver. Nesse livro, tratamos de diversos assuntos como manejo de solo, aspectos nutricionais, sistema de produção, variedades da batata, doenças, potencialidade de extração de óleos vegetais, manejo de insetos e pragas, características dos consumidores da batata orgânica, pesquisa junto aos produtores com mais experiência, entre outros assuntos", comenta.

Para o pesquisador, o livro é uma espécie de "bíblia" da batata orgânica.

"Ele será bem funcional nas mãos de um produtor. Está tudo bem detalhado, com bastante imagem e com uma linguagem de fácil compreensão", resume Nazareno.

O livro Produção orgânica de batata - Potencialidades e desafios tem 249 páginas e custa R$ 25. Ele pode ser encontrado no Iapar em Curitiba, pelo telefone (41) 3351-7300 e em Londrina, pelo telefone (43) 3376-2000. (FL)


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink