Londrina sediará feira de frutas e hortaliças
CI
Agronegócio

Londrina sediará feira de frutas e hortaliças

Por:
Hortinorte pretende levar informação e tecnologia para os produtores da região

Para reduzir a defasagem tecnológica na produção de frutas e hortaliças na região Norte do Paraná, acontece no mês de agosto, em Londrina, a primeira edição da Hortinorte. O evento, que será realizado em um complexo anexo às Centrais de Abastecimento e Armazéns (Ceasa) da cidade, tem por objetivo levar aos participantes novas tecnologias em máquinas e equipamentos para o segmento e também apoio técnico para os sistemas de cultivo e comercialização de produtos.


A Hortinorte é uma parceria do Instituto de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater), órgão da Secretaria de Estado da Agricultura e do Abastecimento (Seab), com a Ceasa e o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar). Segundo o presidente da Ceasa Paraná, Luiz Gusi, a ideia de criação da feira surgiu no ano passado com a percepção do Emater da falta de tecnologia implantada na cadeia produtiva. "A região Norte do Paraná tem uma defasagem tecnológica nesse setor de 15 anos em relação ao restante do País", lamenta Gusi.

Ao todo, serão quatro hectares de feira contendo 12 estações, cada uma com um tema relacionado à produção de frutas ou hortaliças. O presidente da Ceasa afirma que o objetivo é facilitar o acesso do produtor às novidades dos setor e ajudá-lo a modernizar o sistema desde o plantio até a colheita. "É uma ação concentrada em mercado e produção." Gusi completa que a adoção da tecnologia aumenta a competitividade e reduz os custos de produção do agricultor.


O presidente destaca ainda que a Hortinorte pretende ser uma vitrine tecnológica com a participação de empresas públicas e privadas. O custo estimado para a realização desta edição gira em torno de R$ 300 mil. "Nesta primeira feira estamos esperando um contingente de 3 mil produtores." Até o momento, seis empresas já confirmaram participação.

Segundo dados da Ceasa, a região Norte do Estado possui em torno de 6,2 mil produtores de frutas e mais de 20 mil de hortaliças. Gusi completa que esses agricultores são responsáveis por abastecer em torno de 2 milhões de consumidores e movimentam mais de R$ 647 milhões em Valor Bruto de Produção (VBP).


Local
De acordo com o presidente da Ceasa, a cidade de Londrina foi escolhida para a criação da Hortinorte porque é um polo importante de produção de frutas e hortaliças. Ele completa que a região já atende mercados do sul do estado de São Paulo e do Mato Grosso do Sul. O evento deverá ocorrer durante três dias. A data, segundo os organizadores, ainda não foi definida.

Ricardo Maia

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.