Luto: Sandro Estivalet, engenheiro de Produção executado em Cuiabá

Agronegócio

Luto: Sandro Estivalet, engenheiro de Produção executado em Cuiabá

Engenheiro químico de Santiago (RS)
Por: -Leonardo Gottems
6462 acessos

Amigos e parentes se despediram neste domingo (27.11) do engenheiro químico Sandro Belivat Estivalet, 49 anos, na cidade de Santiago (RS) – onde foi sepultado. Sandro foi funcionário da Defensa (Milenia e depois Adama) em Taquari (RS) e Prentiss.

O engenheiro teve a responsabilidade de instrumentalizar a planta da Prentiss em Campo Largo (PR), uma unidade modelo, que serviu para consolidar sua capacidade profissional e de administrador de equipes. Esta capacitação atraiu interesse do grupo Dimecron, em fase de ampliação industrial na área de foliares.

Mestre em Engenharia de Produção, estava estruturando uma planta de Fertilizantes no Distrito Industrial de Cuiabá. No fim de semana foi executado com dois tiros. Socorrido e encaminhado ao Pronto Socorro, infelizmente não resistiu. O ataque se deu pouco depois das 13h15 de sábado (26.11) na rua P, do Distrito Industrial.

O atacante, após balear por duas vezes Sandro – que estava sentado em seu gabinete – fugiu em uma moto tipo Biz, protegido por capacete e portando uma mochila. As hipóteses de roubo podem ser substituída por execução. Autoridades investigam a informação de que pessoas demitidas possam ter envolvimento, pois o executor procurou diretamente pelo Gerente antes da execução.

Dois filhos adultos, esposa, amigos e colegas estiveram na cerimônia no estado do Rio Grande do Sul na tarde de ontem.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink