Mais de 1.700 amostras são inscritas no Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais
CI
Imagem: Pixabay
EVENTO

Mais de 1.700 amostras são inscritas no Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais

A disputa reúne cafeicultores de 171 cidades mineiras; a final está prevista para dezembro de 2020

A 17ª edição do Concurso de Qualidade dos Cafés de Minas Gerais recebeu 1.792 inscrições. Foram 1.402 amostras na categoria Café Natural e 390 na categoria Café Cereja Descascado/ Despolpado. A disputa reúne cafeicultores de 171 municípios mineiros. A final do concurso está prevista para dezembro.

A região produtora com mais amostras inscritas é o Sul de Minas (785). Em seguida vem a região Matas de Minas, com 713 amostras, Cerrado Mineiro, com 239, e Chapada de Minas, concorrendo com 55 amostras.

Os produtores competem com amostras de café Arábica, tipo 2 para melhor, colhidas neste ano. Os grãos passarão por análises físicas e sensoriais feitas por uma comissão julgadora. O produtor com a maior pontuação final, independentemente de categoria, será considerado campeão estadual. Em todas as etapas, desde a entrega de amostras até as provas, são seguidas as orientações dos órgãos de saúde para a prevenção da Covid-19.

O Concurso de Qualidade dos Cafés é promovido pelo Governo de Minas Gerais, por meio da Emater-MG, Secretaria de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Seapa), em parceria com a Universidade Federal de Lavras (Ufla), Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Sul de Minas e a Fundação de Apoio ao Ensino, Pesquisa e Extensão (Faepe).


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink