Mais de 18 mil pessoas visitam exposição sobre café
CI
Agronegócio

Mais de 18 mil pessoas visitam exposição sobre café

Mostra resgata a história da atividade cafeeira a partir da relação entre Brasil e Itália
Por:
Mostra resgata a história da atividade cafeeira a partir da relação entre Brasil e Itália

O Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) e o Museu do Café, do Governo do Estado de São Paulo, promovem desde agosto deste ano a exposição Qui si beve caff. A mostra apresenta a paixão pelo café de brasileiros e italianos. A Itália é o terceiro maior mercado importador do café brasileiro


Os visitantes podem conferir as questões históricas relacionadas à imigração incentivada pela atividade cafeeira. Também é possível saber mais sobre a influência italiana no uso social do café em terras brasileiras. A partir de objetos de época, a exposição passeia pelas transformações do tradicional cafezinho ao longo dos anos, contemplando ainda a revolução dos filtros de papel, o café solúvel, as cafeteiras italianas, até chegar às modernas máquinas de expresso caseiras.

Um módulo itinerante da mostra será exposto em eventos ligados ao café e em escolas e centros culturais do interior de São Paulo. Serão exibidas as relações de produção, indústria, exportação e qualidade do café brasileiro na sua relação com a Itália.


Até o fim de outubro, a exposição foi visitada por mais de 18 mil pessoas. O público é formado principalmente por estudantes do Ensino Fundamental das redes pública e particular que utilizam a visita ao Museu do Café como complemento ao conteúdo apresentado em sala de aula. Dentro deste público também estão turistas de vários países, entre eles: Alemanha, Suíça, China, Estados Unidos, França, Japão, e é claro, Itália.

A expectativa, de acordo com a organização do Museu, é que durante a exposição, que vai até o dia 29 de janeiro de 2012, a mostra receba cerca de 40 mil visitas. O ministério apoia o evento com recursos do Fundo de Defesa da Economia Cafeeira (Funcafé).


Serviço

A exposição está aberta de terça a sábado, das 9h às 17h, e domingos, das 10h às 17h, na antiga sede da Bolsa Oficial do Café, localizada na Rua XV de Novembro, 95, em Santos (São Paulo). Os ingressos para visitação custam R$ 5, estudantes e pessoas acima de 60 anos pagam meia-entrada.

Outras informações estão disponíveis no endereço www.museudocafe.org.br.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.