Mais propriedades gaúchas certificadas

Agronegócio

Mais propriedades gaúchas certificadas

Por:
490 acessos

O Rio Grande do Sul já tem 44 propriedades certificadas como livres de tuberculose e brucelose. No início da semana, saiu a certificação de 14 granjas produtoras de leite pertencentes a associados da Cotribá nos municípios de Quinze de Novembro e Ibirubá. O chefe do Serviço de Sanidade Agropecuária da Superintendência Federal da Agricultura, Bernardo Todeschini, comentou que a homologação foi possível graças ao estímulo da cooperativa.

Para Todeschini, as questões relacionadas à tuberculose e à brucelose têm tomado outra dimensão no comércio internacional. "Já existe a sinalização por parte da Rússia que vai passar a exigir a certificação nas importações." Atualmente, o país compra produtos de origem animal apenas de propriedades que não têm registro das doenças.
A certificação traz vantagens no trânsito de animais e na comercialização de produtos, pois é uma espécie de selo de garantia e de qualidade dos alimentos. Tanto a tuberculose como a brucelose, destacou Todeschini, podem ser transmitidas dos animais para os seres humanos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink