Mais um país proíbe Fipronil e clorpirifos-etílico

VIETNÃ

Mais um país proíbe Fipronil e clorpirifos-etílico

Vietnã era um dos maiores importadores da China
Por: -Leonardo Gottems
1171 acessos

O Ministério da Agricultura e do Desenvolvimento Rural do Vietnã emitiu recentemente uma decisão de remover produtos fitofarmacêuticos que contêm clorpirifos-etilo e fipronil da lista dos que são permitidos para utilização no país. Os produtos fitofarmacêuticos que contém os dois ingredientes ativos somente serão produzidos e importados pela duração máxima de um ano, e serão comercializados e utilizados por um período máximo de dois anos a partir de 12 de fevereiro de 2019. 

As autoridades informaram também que todos os procedimentos de registro para esses produtos também serão interrompidos a partir desta data, fazendo com que qualquer pesquisa da área que estiver em desenvolvimento seja utilizada apenas para fins acadêmicos dentro do país. O Clorpirifos-etil e o fipronil são os dois ingredientes ativos mais usados em muitos tipos de pesticidas comuns, o que acabou preocupando alguns agricultores do Vietnã pelo fato de terem que substituir os defensivos na lavoura. 

Dados divulgados pelo próprio ministério indicam que, em 2018, havia 4325 toneladas de clorpirifos, incluindo produtos técnicos e formulações no valor de US$ 28,9 milhões, exportados de 58 empresas chinesas para o Vietnã. Nesse cenário, o Vietnã era o maior país importador de clorpirifos da China, fato que pode mudar todo o sistema de mercado do país asiático.  
 
Quanto ao Fipronil, os dados mostram que havia 710 toneladas de produtos técnicos e formulações avaliadas em 22,5 milhões de dólares exportados da China para o Vietnã, ocupando o terceiro lugar nos países importadores de Fipronil.  


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink