Mais uma queda no atacado sem osso
CI
Agronegócio

Mais uma queda no atacado sem osso

Com o passar da primeira semana do mês, quando o consumo é tipicamente melhor, o mercado atacadista de carne sem osso recuou
Por:
Com o passar da primeira semana do mês, quando o consumo é tipicamente melhor, o mercado atacadista de carne sem osso recuou.

A queda sutil, de 0,4% na média das cotações desta semana, foi puxada pelos cortes de traseiro, que estão com menor demanda e tiveram desvalorização média de 0,7%.

Para as peças de dianteiro houve alta de 0,7%.

A margem dos frigoríficos, segundo o Equivalente Scot Desossa, está em 19,9%. O indicador não ficava abaixo dos 20,0% desde abril de 2012.

A diminuição da margem da indústria tem sido um dos principais fatores que influenciam na pressão sobre os preços do boi gordo.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.